Notícia

12 de Fevereiro de 2019

Fator China segue pesando em Chicago

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na segunda-feira (11.02) baixa de 9,50 pontos no contrato de Março/19, fechando em US$ 9,05 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 9,25 e 9,50 pontos.

Os principais contratos futuros abriram a semana com fortes perdas no mercado norte-americano da soja, com os embarques semanais menores e as incertezas na relação Estados Unidos/China pressionando as cotações em Chicago. “A falta de uma atitude mais positiva da China está contribuindo para a desaceleração dos preços da soja em Chicago”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria AgResource, a queda das cotações agrícolas foi o cenário de dominância em Chicago: “Fundos de investimento adicionaram vendas baseadas em patamares técnicos, enquanto que o ‘baixismo’ proveniente do relatório do USDA de sexta-feira, se perdurou neste início de semana. Uma nova rodada de negociações entre EUA e China já se iniciaram em solo asiático. Entretanto, a falta de novidades do conflito comercial deixou a especulação sem qualquer capacidade de entrada no mercado".

"No Brasil a colheita da soja avança de maneira agressiva para um total de 27,6%, contra 11% no ano passado e 16,5% em 2017. A média para os últimos 5 anos é definida em 14%. O Mato Grosso lidera o progresso dos trabalhos no campo. A janela para o milho-safrinha foi estendida com a colheita adiantada, entretanto as projeções do clima para março preocupam em algumas regiões”, concluem os analistas da ARC Mercosul.


Fonte: Agrolink

Baixe o APP PRA VOCÊ

Baixe o APP MINHA COTRIPAL

Cotripal - Juntos Somos Mais
Cotripal Agropecuária Cooperativa
Rua Herrmann Meyer, 237
CEP: 98280-000 - Centro
Panambi - RS
Fone: (55) 3375 9000