Notícia

08 de Janeiro de 2018

Nova ferramenta para prever efeito climático em cultivos

Cientistas agora desenvolveram uma nova ferramenta para prever os futuros efeitos das mudanças climáticos. Pesquisadores da Universidade de Illinois estão tentando ligar dois tipos de modelos computacionais de cultivos para se tornar preditores mais confiáveis da produção de cultivos no Cinturão do Milho dos Estados Unidos.

“Uma classe de modelos de cultivos é baseada em agronomia e a outra é embutida em modelos de clima ou da terra. Eles são desenvolvidos para diferentes propósitos e aplicados em diferentes escalas”, diz Kaiyu Guan, um cientista ambiental da Universidade do Illinois e principal investigador nesta pesquisa. “Em função de que cada um deles tem forças e fraquezas, nossa ideia simples é combinar as forças de ambos os tipos de modelos para estabelecer um novo modelo de cultivos com um desempenho melhor de previsão”.

Guan e sua equipe de investigação implementaram e avaliaram um novo modelo de crescimento de milho, representado pelo modelo ACL-APSIM com a combinação de recursos do Modelo de Comunidade de Terra e o Simulador de Sistemas de Produções Agrícolas.

“Três modelos originais de milho somente tem três fases fenológicas ou ciclos de vida. Alguns desenvolvimentos importantes de fases como florescimento são perdidos, sendo impossível de aplicar as fases de estresse críticos, como falta de umidade ou temperatura altas em algumas fases específicas de desenvolvimento”, diz Bin Peng, pesquisador no laboratório de Guan que também liderou o projeto. “Nossa solução é incorporar ao esquema desenvolvimento no novo método. Através dessa integração, os estresses são induzidos pelo alta temperatura, décifits de água do solo e de nitrogênio podem ser contabilizados em um novo modelo”.

Fonte: Agrolink

Baixe o APP PRA VOCÊ

Baixe o APP ASSOCIADO

Cotripal - Juntos Somos Mais
Cotripal Agropecuária Cooperativa
Rua Herrmann Meyer, 237
CEP: 98280-000 - Centro
Panambi - RS
Fone: (55) 3375 9000